Gestão da Sigatoka Negra (Mycosphaerella fijiensis Morelet) nas plantações de bananeiras

Sumário

Na República Dominicana a ocorrência de chuvas de elevada intensidade e de inundações é frequente no período dos furações, causam estragos significativos nos sistemas de produção de banana. De entre estes, pode destacar-se o aumento da incidência de doenças como a Sigatoka negra. Esta doença causa a necrose e morte acelerada das folhas, induzindo a maturação prematura, a redução do calibre do fruto e do peso do cacho, causando uma diminuição significativa no volume de produção. Esta situação necessita de uma gestão integrada, funcional e de baixo custo, que inclui práticas culturais destinadas à mitigação das condições favoráveis para o estabelecimento e desenvolvimento da doença, ao aumento do vigor da planta e eliminação de fontes de inóculo dentro da plantação.

Adicionar comentário

Login ou registre-se para postar comentários